Três navios apreendidos no município do Soyo

Três navios, com sete cidadãos chineses a bordo, alegadamente, provenientes da Serra Leoa, foram apreendidos, sábado, no canal fluvial "Santo António", no município do Soyo, província do Zaire, por violação das águas territoriais.

Luanda /
29 Mar 2021 / 16:08 H.

Segundo uma nota de imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional, chegada, ontem, à redacção do Jornal de Angola, a apreensão dos referidos navios ocorreu na sequência de uma operação rotineira, realizada por efectivos da Esquadra Fiscal Marítima da Polícia Nacional, ao longo da orla fluvial (rio Zaire).

O documento, assinado pelo porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Bernardo, refere, ainda, que os cidadãos chineses não apresentaram qualquer documento dos navios, incorrendo, deste modo, numa infracção prevista e punível no artigo 221 do Código Aduaneiro, em vigor.

"Os processos foram encaminhados à Administração Geral Tributária e os navios encontram-se ancorados no canal fluvial Yapoto, ao passo que os estrangeiros ilegais foram conduzidos ao Serviço de Migração e Estrangeiros, para o tratamento que se impõe”, esclarece a nota.

Durante o final de semana, foram apreendidas 24 motorizadas, igual número de pacotes de estupefaciente, vulgo liamba, e 21 bidões de 25 litros de gasolina, cada, que, presumivelmente, seriam contrabandeados na vizinha República Democrática do Congo. Os bens apreendidos encontram-se sob tutela do Serviço de Investigação Criminal (SIC), enquanto decorre a tramitação processual.

Temas