Angosat-2 prestes a fornecer serviços

A nova fase do Angosat-2, colocado em órbita no dia 12 de Outubro, é sequência das etapas de construção e funcionamento, previstas no protocolo entre a parte russa e angolana.

Luanda /
07 Nov 2022 / 12:23 H.

O satélite angolano de comunicações Angosat-2 entrou na fase final de testes, antes de começar a fornecer os serviços de telecomunicações a todo o País a preços competitivos, depois de, na sexta-feira ter atingido a posição de operar.

Recentemente, o Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social anunciou que o satélite estava já na posição 23 graus Este, a sua posição ideal de operar e estava a comunicar-se perfeitamente com as estações de controlo em Angola e Rússia.

Com 15 anos de vida útil, o Angosat-2 vai, igualmente, cobrir várias localidades do mundo, nomeadamente: a totalidade do continente africano, com ênfase para a região Sul, e parte significativa do Sul da Europa, constituindo-se, desta forma, como uma fonte alternativa de arrecadação de receitas para os cofres do Estado angolano.