Cidadão condenado a 22 anos por transmissão de HIV

Calisto Pucuta, de 38 anos de idade, foi esta quarta-feira, condenado a 22 anos e 6 meses de prisão maior, acusado de transmissão dolosa de HIV/Sida.

13 Fev 2020 / 09:34 H.

O SIC deteve em Abril de 2019, mediante denúncias de que Calisto Pucuta, através de aliciamento em moedas nacional e estrangeira (dólar), atraia jovens para manter relações sexuais sem protecção, mesmo sabendo ser um potencial portador do HIV/Sida.

O Júiz de causa, João Cardoso Mandafama, indicou que o condenado deve pagar um milhão e 500 mil kwanzas a cada uma das vítimas infectadas, cujos nomes não foram avançados, e uma multa de 150 mil kwanzas em emolumentos.

Temas