PGR mantém em prisão suspeitos de tráfico de droga

A Procuradoria-Geral da República (PGR) legalizou neste sábado, no Lubango, a prisão preventiva por três meses prorrogáveis aos sete suspeitos detidos por crime de tráfico de cocaína e crack.

Luanda /
27 Jul 2020 / 10:12 H.

A informação foi prestada, pelo director interino de comunicação institucional e imprensa da delegação do Ministério do Interior na Huíla, inspector prisional Alexandre Lucas Calueyo.

O oficial sublinhou que, aos jovens com idades compreendidas entre os 18 e 35 anos, foi acrecida a acusação de branqueamento de capitais e associação criminosa. O processo-crime está em instrução preparatória.

Informou que foram apreendidos 90 embrulhos de craque, 160 porções de cocaína, 130 gramas de cocaína não embaladas, 65 mil kz resultantes das vendas destes produtos, bem como de uma viatura.