Lunda Sul com ruptura de testes serológicos

A Comissão Provincial de Combate à COVID-19 na Lunda Sul anunciou, nesta terça-feira, ruptura no stock dos testes rápidos.

Luanda /
13 Out 2020 / 16:25 H.

De acordo com o coordenador adjunto da referida comissão, Viegas Almeida, que falava à imprensa, sem indicar a quantidade, em stock existem alguns testes, insuficientes para a testagem aleatória que se quer levar a cabo, sobretudo aos docentes, atendendo o reinício das aulas a cinco do corrente mês.

Em relação aos três casos reactivos registados no fim-de-semana, informou tratar-se de cidadãos provenientes de Luanda, que chegaram a Saurimo.

Apesar de não apresentarem sintomas, adiantou que encontram-se em quarentena institucional no Centro de Tratamento do Mulombe.

Está prevista a colheita de amostras com zaragatoas para serem enviadas a Luanda para testes de biologia molecular.

Apelou a população a observar as medidas de biossegurança e distanciamento físico, de modos a cortar a cadeia de transmissão da doença.

Lembrou que a Lunda Sul enviou 1.500 amostras, maioritariamente trabalhadores da Sociedade Mineira de Catoca, aos laboratórios em Luanda para teste de biologia molecular, aguardando-se pelos resultados.

Com 327 camas para atender eventuais infectados com a doença, sendo 43 ventiladas, a província da Lunda Sul tem, até ao momento, o registo de um caso de COVID-19 recuperado.

Temas