Vandalizados mais de 90 torres de Alta Tensão na linha Dala/Luena

O vice-governador do Moxico para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Wilson Augusto, que visitou o empreendimento, disse que o assunto já é do domínio dos Serviços de Investigação Criminal (SIC)

Luanda /
02 Dez 2022 / 11:42 H.

Noventa e seis torres de Alta Tensão, que transportam energia eléctrica da barragem do Tchihumbue à subestação do Luena, província do Moxico, foram vandalizados por indivíduos desconhecidos, nos últimos cinco anos.

A barragem do Tchihubwé está localizada no município do Dala, na província da Lunda Sul, e possui uma capacidade de 12,42 megawatts (MW).

O vice-governador do Moxico para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Wilson Augusto, que visitou o empreendimento, disse que o assunto já é do domínio dos Serviços de Investigação Criminal (SIC).

Por outro lado, Wilson Augusto informou que os bairros Samalesso, 11 de Novembro e KM5, arredores da cidade do Luena, mais de 500 residências beneficiarão energia com a entrada em funcionamento de postos de transformação.

Reiterou que, dentro de dois anos, entra em funcionamento um parque de energia solar, no bairro Samalesso com uma potência de 26, 906 Megawatts (MWdc) o que acabará com cortes de energia no Luena.

Por seu turno, o director do Centro de Distribuição da Empresa Nacional de Distribuição de Energia (ENDE), no Moxico, Arnaldo Carlos, ao garantir maior e melhor divisão na época festiva, informou que, um universo de 22 mil clientes, no Luena, Camanongue e Luau, deve a empresa um mil milhão e 400 milhões de kzs.