Ex-governador do Cunene arguido por desvio de bens destinados a populações afectadas pela seca

O ex-governador do Cunene, Virgílio Tchiova foi constituído arguido, esta Quarta-feira,depois de ouvido pela Procuradoria-Geral da República, sob acusação de desvios dos bens que se destinavam às populações afectadas pela seca, no Sul do País.

China /
13 Fev 2020 / 11:09 H.

De acordo com a VOA, Virgílio Tchiova, vai responder pelo processo número 76/2019, ao qual respondem, igualmente como arguidos, Domingos Huango, ex-secretário geral do governo provincial, Luís Miguel e Silva director do gabinete de Estudos e Planeamento e os assessores Rui China Moçambique e Salomão Himolova.

As investigações estão a ser dirigidas pelo magistrado do Ministério Público, João Panguila, visando avaliar a dimensão da gestão danosa, envolvendo o ex-governador e os seus colaboradores.

Virgílio Tchiova esteve à frente dos destinos da província do Cunene por apenas 16 meses.