Huawei pode apoiar órgãos de imprensa

Hongzhen Liu manifestou interesse da empresa em trabalhar com os órgãos de comunicação social, sobretudo na informatização da media e na capacitação de quadros do sector.

Luanda /
08 Mar 2020 / 10:54 H.

A Huawei, uma multinacional chinesa de equipamentos para redes e telecomunicações, tem potencial para desempenhar um papel significativo no desenvolvimento digital do Ministério da Comunicação Social (MCS), considerou o titular do pelouro num encontro com o vice-presidente da companhia em Angola.

Nuno Caldas Albino reuniu-se, quarta-feira, com Hongzhen Liu, em Luanda, num encontro em que propôs a formalização de acções nos domínios da formação de talentos e apoio aos programas infantis dos órgãos de comunicação social públicos.

O ministro afirmou, naquela ocasião, que acções nesse domínio são amparadas pela política de responsabilidade social adoptada pelo sector e de modernização dos equipamentos de media.

Reconheceu que a Huawei tem sido um parceiro estratégico de Angola, que melhora a vida das pessoas por meio da tecnologia, lembrando acções empreendidas pela companhia em Angola como a criação de mais de 800 oportunidades de emprego e a habilitação de mais de mil talentos em Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nos últimos 20 anos, além doações em equipamentos que beneficiaram o MCS e outras instituições angolanas.

Hongzhen Liu manifestou interesse da empresa em trabalhar com os órgãos de comunicação social, sobretudo na informatização da media e na capacitação de quadros do sector.