Secretária de Estado para Família destaca importância das escolas de campo

A província do Cunene conta, actualmente, com seis escolas de campo.

Angola /
20 Jun 2022 / 10:49 H.

A Secretária de Estado para a Família e Promoção da Mulher, Elsa Barber, destacou, recentemente, a importância da criação das escolas de campo na inserção das famílias e empoderamento das mulheres nas comunidades.

A margem da visita do Vice-Presidente da República, Bonito de Sousa, a escola de campo “Tuapandula Tatekulo”, localizada ao longo do Canal do Cafu, a responsável disse que são projectos de desenvolvimento destinados à integração das mulheres na prática da agricultura familiar.

Pela sua importância a nível das comunidades, Elsa Barber defendeu a necessidade de se ampliarem estes projectos a nível nacional, aproveitando as águas disponíveis nos rios.

Lembrou que ainda que aquele ministério, apoia este projecto no âmbito da gestão das cooperativas, na medida em que está disponível a cooperar para se alcançar os objectivos desejados.

Por seu turno, o coordenador do escritório regional sul da FAO, Frederico Cativa, citado pela Angop diz prever-se a criação de 225 escolas de campo, sendo 75 por cada província que integra a região sul, no caso do Namibe, Huíla e Cunene, no âmbito do projecto Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional (FRRESAN).

“Este campo congrega 35 membros, que corresponde o mesmo número de famílias que estão aprender a praticar as técnicas de produção por irrigação”, refere, acrescentando que, “Estamos numa chitaca, dentro de uma escola de campo, que é a metodologia que a FAO usa para poder apoiar as comunidades com agricultura familiar”.

A província do Cunene conta, actualmente, com seis escolas de campo.