Colisão entre comboios faz cinco feridos no Bié

O administrador do município de Camacupa, José Lopinho, apontou uma falha na comunicação como causa do acidente, salientando que os feridos recebem tratamento no centro de saúde comunal do Cuanza.

Luanda /
21 Set 2020 / 18:48 H.

Uma colisão entre comboios do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB) provocou, ontem, cinco feridos, na província do Bié, entre os quais dois chineses e três angolanos, prevendo-se a reposição da circulação em seis dias.

O acidente, ocorrido na comuna do Cuanza, município de Camacupa, província do Bié, envolveu dois comboios, um de transporte de mercadorias do CFB e outro de manutenção, da empreiteira chinesa CR20, deixando feridos cinco tripulantes, adiantou a empresa ferroviária em comunicado, apurou o Jornal de Angola.

Em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA), o administrador do município de Camacupa, José Lopinho, apontou uma falha na comunicação como causa do acidente, salientando que os feridos recebem tratamento no centro de saúde comunal do Cuanza.

Um dos comboios transportava 19 cisternas de combustível e mercadorias diversas, no troço Cuito/Luena, enquanto a outra locomotiva técnica era proveniente do Luena e dirigia-se à cidade do Cuito, capital do Bié.

Devido a este acidente, o comboio no traçado Luena/Huambo, que liga as províncias do Moxico e Huambo, está impedido de circular, aguardando-se orientações para o transbordo dos passageiros.