Clientes devem 880 milhões Kz a ENDE no Moxico

Oitocentos e 80 milhões Kz é o valor que os clientes devem a Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE), no Moxico, informou hoje o director provincial, Manuel Nascimento.

Luanda /
12 Jan 2021 / 13:43 H.

Os consumidores da rede de baixa tensão e as instituições públicas são os principais devedores, segundo o responsável, em declarações à ANGOP.

Informou que a dívida dos clientes se agudizou, na ordem de 55%, durante os períodos de Estado de Emergência e de Situação de Calamidade Pública, que aliviaram os cortes, elevando de 390 para 880 milhões Kz.

Para minimizar o peso da dívida, o responsável afirmou que a ENDE está a permitir que os clientes façam o pagamento dos passivos em prestações.

Como medida disciplinar, informou que foi criada uma comissão para realizar cortes de corrente eléctrica aos devedores que resistem a pagar.

Quanto aos constantes cortes no fornecimento, associou a baixa potência que recebe da Empresa Pública de Produção de Electricidade (PRODEL), que oferece cinco Megawatts no período diurno e 17.5 a noite, como estando na base das constantes restrições na cidade do Luena.