Calandula tem energia da rede 30 anos depois

A subestação de energia eléctrica do município de Calandula, de cinco megawatts, entrou em funcionamento quarta-feira .

06 Dez 2019 / 15:25 H.

Nesta fase experimental, segundo TPA, o empreendimento vai servir 3.500 famílias, além de infra-estruturas públicas, situadas na sede municipal, segundo o chefe da Rede de Transporte de Electricidade de Malanje, Alberto Sopate.

Depois de mais de 30 anos, habitantes de Calandula vão ter energia eléctrica durante 24 horas, cuja fonte de alimentação é a Subestação de Cacuso.

O administrador municipal de Calandula, Pedro Dembue, visivelmente satisfeito, disse à nossa reportagem que a localidade vive uma nova fase, assegurando que os trabalhos de electrificação da sede municipal serão concluídos no ano em curso, num raio de mais de 25 quilómetros. Na mesma esteira, estão em curso obras para a iluminação da comuna do Cota e os sectores de Santa Maria e Quitumbo, além da montagem de uma linha de alta tensão que vai abastecer o Pólo Turístico de Calandula, que inclui as Quedas e o outro lado da Pousada.

Temas