Benefícios do Kwenda chegam a mais de 17 mil famílias de Quilengues

Dezassete mil, 552 famílias, de 19 mil, 505 inscritas em Quilengues, na Huíla, já receberam a primeira prestação das Transferências Sociais Monetárias do Programa de Fortalecimento da Protecção Social “Kwenda”.

Angola /
06 Jan 2022 / 12:16 H.

O processo que iniciou em Julho de 2020, tem ainda por pagar mil 615 beneficiários ausentes durante a fase de pagamento, segundo o chefe do departamento executivo provincial do Instituto de Desenvolvimento Social (FAS) na Huíla, Frederico Sanumbutue.

Em declarações à ANGOP hoje, quinta-feira, a fonte a firmou que as famílias ausentes do período de pagamento vão receber o seu benefício nas próximas semanas, assim que a equipa concluir o trabalho no município da Cacula.

Declarou que durante o processo foram excluídos 338 famílias não vulneráveis, por tratarem-se de funcionários públicos ou esposas dos mesmos.

Quilengues é o segundo município da província da Huíla a efectuar o pagamento das famílias com as Transferências Sociais Monetárias, depois da Cacula que integrou a fase piloto e que encontra-se na fase de expansão da mesma componente.

Na Huíla para além da Cacula e Quilengues, os municípios da Humpata e Gambos também foram seleccionados para beneficiarem do programa, estando aindana fase decadastramento e formação dos Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitários (ADECOS).

O Kwenda é um programa do Governo de Angola que visa apoiar as famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade. Está avaliado em 420 milhões de dólares, financiados pelo Banco Mundial e Tesouro Nacional.