Angola recebe novos testes esta sexta-feira

De acordo com as autoridades, Angola está capacitada para realizar, em média diária, seis mil testes, por via de campanhas ou de forma voluntária, em hospitais específicos.

Luanda /
15 Out 2020 / 20:24 H.

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, informou hoje, em Luanda, que Angola vai receber, nesta sexta-feira, um novo carregamento de testes para dar continuidade a campanha massiva de testagem à COVID-19 e para acudir situações pontuais.

Sem precisar a origem nem a quantidade, a também porta-voz da Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Pandemia, disse que os testes já deviam estar no País na semana passada, mas devido à problemas de trarsportação apenas chegam no dia 16.

“Angola não tem dificuldades de teste. Nós temos tudo feito para não faltar”, afirmou a ministra à TV Zimbo, em reacção a algumas especulações.

Sílvia Lutucuta, falava em antevisão ao Discurso à Nação, pelo Presidente da República, João Lourenço.

De acordo com as autoridades, Angola está capacitada para realizar, em média diária, seis mil testes, por via de campanhas ou de forma voluntária, em hospitais específicos.

Na segunda-feira (dia 12), seis laboratórios de analises clínicas foram autorizados pelo Ministério da Saúde (Minsa) a realizar testes serológicos (rápidos) e de elisa, no quadro do reforço da capacidade de resposta à demanda pública sobre a testagem ao Sars cov2.

Trata-se dos laboratórios das Clínicas Girasol, Cligest, Mediag, Sagrada Esperança, Centro Alada e Cidil, todos habilitados para os testes RT-PCR e outros.

Angola contabiliza 6.846 casos positivos, com 227 óbitos, 2.801 recuperados e 3.818 activos, segundo dados das últimas 24 horas.