Angola participa na 20ª reunião sobre minas antipessoal

Agência Nacional de Acção contra Minas (ANAM) vai apresentar, durante os debates temáticos, os avanços e desafios do País nessa matéria.

Luanda /
20 Jun 2022 / 17:05 H.

Angola participa de 20 a 22 de Junho, em Genebra, na Suíça, na 20ª reunião dos Estados-parte da Convenção do “Tratado de Ottawa” sobre proibição do emprego, armazenamento, produção e transferência de minas terrestres antipessoais e sobre a sua destruição.

Agência Nacional de Acção contra Minas (ANAM) vai apresentar, durante os debates temáticos, os avanços e desafios do país nessa matéria com o foco no plano de trabalho detalhado para a materialização do Artigo 5°da convenção de Ottawa referente à limpeza de todas as minas antipessoal e os esforços do Estado angolano em prol da assistência às vítimas de engenhos explosivos.

Chefia a delegação do País o Director-geral da Agência Nacional de Acção contra Minas (ANAM), Brigadeiro Leonardo Sapalo, Florinda André, chefe do departamento de assistência às vítimas de minas, diplomatas da Missão Permanente e do Ministério das Relações Exteriores.

Mais de 80% dos países membros da ONU são Estados Partes, ou seja, ratificaram esta Convenção e concordaram em não utilizar minas antipessoais, desenvolver, produzir, adquirir, armazenar, manter ou transferir minas, auxiliar, encorajar ou induzir outrem, por qualquer forma, a tomar parte de qualquer actividade proibida pela convenção que foi aberta a assinatura em Ottawa, aos 3 de Dezembro de 1997, que entrou em vigor a 1 de Marco de 1999.

Temas