Secretário de Estado para a Juventude aponta quatro prioridades

Fernando Francisco João foi hoje empossado ao cargo de secretário de Estado para a Juventude pelo Presidente da República.

Angola /
12 Set 2019 / 10:46 H.

Implementar políticas de Estado para a juventude, materializar as mesmas políticas de forma sectorial com impacto na vida dos jovens, manter regular um diálogo com associações juvenis e religiosas, e ainda reforçar a cooperação com parceiros do Estado são as quatro prioridades do novo secretário de Estado para a juventude.

Fernando Francisco João falou das quatro prioridades após a tomada de posse no Palácio da Cidade Alta. O governante assume o cargo para coadjuvar a ministra da Juventude e Desportos na componente de políticas de Estado para a Juventude, numa altura em que a maior dificuldade dos jovens em Angola é o acesso ao primeiro emprego.

Em diferentes ocasiões o Executivo admitiu o problema e tem procurado junto de parceiros sociais encontrar formas de inversão de quadro, através de mais investimentos, quer da carteira de investimentos públicos alocadas ao sector privado para a geração de empregos, quer no acesso à educação e a saúde.

Vanguarda analisou indicadores do Censo 2014 – Recenseamento Geral da População e Habitação de Angola 2014 – concluindo que dos cerca de 5 milhões de jovens com idades compreendidas entre 15 e 24 anos a representar 18 por cento de toda a população, terão, actualmente, entre 20 e 30 anos de idade.

Já as pessoas com idade até aos 14 anos, cerca de 12 milhões e que na altura representavam 47,3 por cento do total da população angolana, hoje possuem até 19 anos de idade, uma franja social que procura ter acesso a formação técnico profissional como porta de entrada ao mercado de trabalho, após qualificação em diversas áreas.