PRA- JA: Abel Chivukuvuku desmente apoio de Isabel dos Santos

O coordenador da comissão instaladora do Partido de Renascimento Angolano - Juntos por Angola (PRA-JA), Abel Chivukuvuku, disse que “não recebeu qualquer tipo de financiamento” da empresária Isabel dos Santos para a constituição da sua nova força política.

Angola /
12 Ago 2019 / 08:54 H.

O político, que falou à imprensa no fim de um almoço “conferência press” com jornalistas de vários órgãos nacionais e estrangeiros, esclareceu que os rumores que correm pelas redes sociais são infundados.

“Até ao momento todas as despesas foram custeadas por mim, mas tenho noção que terei exaustão dos meus recursos e por isso aceitarei os angolanos de bem e de boa vocação que puderem contribuir”, sublinhou.

Durante o encontro, com a presença de vários jornalistas de renome, Abel Chivukuvuku recordou que o PRA-JA, apresentado no dia 2 de Agosto, é uma força política visionária e patriótica comprometida com os angolanos. Sublinhou que o encontro com os jornalistas teve como objectivo partilhar a visão com os angolanos de bem e sobretudo ouvir opiniões contrárias e assim contribuir para a construção de um país melhor.

Falando ao Jornal de Angola, o político, fez saber que sobre a formalização do partido, lembrou que neste momento estão na primeira etapa, que passa pela legalização da Comissão Instaladora, que leva entre 15 e 30 dias.

Depois disso, reforçou, o responsável, têm 90 dias prorrogáveis até 180 dias para o processo de recolha de assinaturas que darão suporte para a legalização do partido.