MPLA condena alteração da ordem pública

O Secretariado do Bureau Político do MPLA considera deplorável e irresponsável o aproveitamento decorrente da paralisação de uma pequena parte dos táxis de Luanda, servindo de pretexto para a prática de um acto de terror

Luanda /
13 Jan 2022 / 18:28 H.

O Secretariado do Bureau Político do MPLA reiterou a condenação ao acto de rebelião ocorrido segunda-feira última, em Luanda, que alterou a ordem pública e vandalizou bens públicos e privados.

Num comunicado tornado público, no final da reunião, orientada pelo presidente do partido, João Lourenço, o MPLA refere que o acto de rebelião pôs em risco a segurança física e a vida de muitos cidadãos, em particular de profissionais da saúde e da comunicação social, a quem endereçou a sua solidariedade.

O Secretariado do Bureau Político do MPLA considera deplorável e irresponsável o aproveitamento decorrente da paralisação de uma pequena parte dos táxis de Luanda, servindo de pretexto para a prática de um acto de terror.

Salienta que a acção deixa evidente a materialização de um macabro plano de ingovernabilidade, através do fomento da vandalização de bens públicos e privados, bem como da incitação à desobediência civil, na tentativa da subversão do poder democraticamente instituído.

O órgão de direcção do MPLA reitera o compromisso do partido em permanecer inflexível e vigilante, na ingente batalha para a manutenção da paz e da reconciliação nacional, apelando os seus militantes, simpatizantes e amigos a apoiarem o presidente João Lourenço, na liderança dos processos conducentes à promoção do desenvolvimento humano e bem-estar dos angolanos.

Encoraja o povo angolano a manter-se vigilante, contra as acções subversivas e anti-patrióticas, a respeitar as normas da sã convivência na diferença e as autoridades, a defesa do bem público e privado, como cívica contribuição para a construção de uma Angola mais desenvolvida, democrática e inclusiva.

A primeira reunião ordinária do secretariado do BP analisou assuntos ligados a vida interna do partido e a promoção do desenvolvimento sustentável e diversificado, com o intuito primordial de resolver os problemas do povo.