Georges Chikoti é candidato para Secretário-Geral do ACP

O embaixador de Angola no Reino da Bélgica, Georges Chikoti, é o candidato pela Região Austral, para o cargo de Secretário-Geral do Grupo de países da África, Caraibas e Pacífico (ACP).

Angola /
13 Set 2019 / 10:13 H.

A pré-candidatura do Antigo Ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, foi aprovada à margem da 10ª Sessão da Reunião Ministerial, realizada em Gaberone, Botswana para analisar as candidaturas.

A fase final dessa eleição está agendada para os meses de Novembro e Dezembro deste ano, em Nairobi, Quénia.

O Secretário de Estado angolano para as Relações Exteriores, Téte António, em representação do Ministro Manuel Augusto, participou da 10ª Sessão da Reunião Ministerial, que analisou e aprovou as pré-candidaturas.

A Candidatura da República de Angola para o referido cargo foi oficialmente apresentada à Secretaria-Geral do Grupo ACP em Bruxelas, pelo Ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, junho de 2019, tendo sido proposto Georges Rebelo Chikoti, actual Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola no Reino da Bélgica, Grão-Ducado do Luxemburgo e junto da União Europeia.

Para tal, foram realizadas duas reuniões consultivas Ministeriais, sendo a primeira, à margem da Reunião Ministerial do Comité do Órgão para Política, Defesa e Segurança da SADC, em Lusaka, Zâmbia, em Julho de 2019 e a segunda à margem da Cimeira Ordinária da SADC que ocorreu em Dar es Salaam, na Tanzânia.

As referidas reuniões foram presididas pela Ministra das Relações Internacionais e Cooperação do Botswana, Unity Dow na qualidade de país coordenador da região da África Austral para o Grupo ACP e que contou com a participação de Angola, Botswana, Malawi, Moçambique, África do Sul, Zâmbia e Zimbabwe, Eswatini e Lesotho.