Deputados falam sobre dívida pública

A Assembleia Nacional realiza, amanhã, por videoconferência, um seminário sobre a Gestão da Dívida Pública.

Luanda /
28 Set 2020 / 10:03 H.

O seminário, a ser orientado por Sofia Vale, professora do Departamento de Economia do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), enquadra-se no Plano de Capacitação Parlamentar 2020-2022. As acções de formação são extensivas aos funcionários parlamentares. Na quinta-feira, os deputados participaram num outro seminário, também virtual, que incidiu sobre o tema “Mandato Parlamentar na Sociedade Digital”.

A formação foi orientada por Cristiano Ferri, doutorado em Ciências Políticas e Sociologia. Para fortalecer o Parlamento, além de propor a inovação dos procedimentos, Cristiano Ferri defendeu, ainda, a abertura do mesmo, por meio da participação do cidadão, a quem os políticos devem dar voz, de modo a captarem o seu ponto de vista sobre o processo legislativo.

De acordo com o professor e pesquisador do Centro de Formação da Câmara dos Deputados do Brasil, o “empoderamento” da voz e da visão do cidadão conferem credibilidade e transparência ao Parlamento, por permitir a participação popular na elaboração das leis, em que os cidadãos se sintam capazes de opinar, questionar e, assim, contribuírem para a realização de um verdadeiro Estado Democrático e de Direito.

Cristiano Ferri referiu que as novas tecnologias devem ser adicionadas aos meios analógicos, visto que os métodos tradicionais têm de continuar, sobretudo em sociedades, como a angolana, em que existe ainda um elevado grau de iliteracia digital. Alertou, no entanto, para a necessidade da criação de uma política de protecção de dados para informações consideradas confidenciais.