Conselho de Segurança da União Africana reúne-se em Angola

Luanda recebe esta quinta e sexta-feira uma reunião de ministros do Conselho de Paz e Segurança da União Africana e esperam-se soluções concretas para os conflitos no continente. Sudão do Sul e RDC estarão em destaque.

Luanda /
06 Dez 2019 / 12:40 H.

Angola assumiu no domingo a presidência rotativa do Conselho de Paz e Segurança da União Africana (UA) e a liderança arranca com uma reunião de ministros dedicada aos temas da Paz e Segurança esta quinta e sexta-feira, em Luanda.

Manuel Augusto, ministro das Relações Exteriores de Angola, lembrou esta semana que ainda há focos de conflito no continente e que a União Africana está atenta: “Estamos preocupados com aqueles países onde ainda existem conflitos ou onde há conflitos latentes”, disse o ministro. ””oje chama a atenção da UA e do seu processo de paz a situação ainda prevalecente no sul do Sudão, onde está em curso um exercício para implementação do chamado acordo revitalizado para Sul do Sudão”, explicou.

O acordo foi assinado em setembro de 2018. Mas a violência continua no Sudão do Sul. Rebeldes que ficaram de fora do acordo continuam a pegar nas armas para combater o Governo. O país entrou em guerra há seis anos: 380 mil pessoas morreram e mais de quatro milhões foram obrigadas a deixar as suas casas.