União Africana pede reforço do Fundo de Paz

O Vice-Presidente da Comissão da União Africana destacou, ontem, o compromisso dos países com o financiamento de actividades de segurança em África, reafirmando o objectivo de mobilização de 400 milhões de dólares para o Fundo de Paz da organização.

24 Jan 2020 / 15:13 H.

“Embora sejam sempre necessárias parcerias estratégicas para a paz e segurança, doações de 400 milhões de dólares pelos Estados-membros permitirão à União Africana (UA) conduzir a sua agenda com base na sua própria avaliação dos problemas e na determinação da solução apropriada”, disse o embaixador Kwesi Quartey.

O Vice-Presidente da UA destacou, segundo TPA, a importância do compromisso dos Estados-membros “em assegurar um financiamento previsível e sustentável para as actividades de paz e segurança em África”.

Kwesi Quartey falava na sede da União Africana (UA), em Addis Abeba, na Etiópia, na abertura da 39ª Sessão de Representantes Permanentes da organização, que marca o arranque das reuniões técnicas preparatórias da 33ª Cimeira da organização, marcada para 9 e 10 de Fevereiro, sob o lema, “Silenciar as armas: criar condições favoráveis ao desenvolvimento de África”.