Trump promete apresentar plano de paz israelo-palestinianos nos próximos dias

O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que revelará o seu plano para acabar com o conflito israelo-palestiniano antes da visita na próxima semana a Washington do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e do seu rival Benny Gantz.

24 Jan 2020 / 15:11 H.

“É um plano excelente”, declarou Trump aos jornalistas a bordo do avião presidencial, quando se dirigia para um comício do Partido Republicano na Florida.

O plano de paz está a ser elaborado, com o maior segredo, desde a primavera de 2017 e a sua divulgação já foi adiada por diversas vezes, considerando-o os palestinianos um nado-morto.

A sua componente económica foi apresentada em junho de 2019 no Bahrein: 50 mil milhões de dólares (cerca de 45 mil milhões de euros) em investimentos internacionais nos territórios palestinianos e nos países vizinhos ao longo de 10 anos.

Mas os dirigentes palestinianos, que recusam discutir com a administração Trump desde que o presidente norte-americano reconheceu Jerusalém como a capital de Israel, rejeitaram antecipadamente o plano que se suspeita acabará com a solução de dois Estados, até agora privilegiada pela comunidade internacional.