Roteiros turísticos já atraíram quase 47 mil residentes em Macau

Cerca de 47 mil pessoas já completaram, até este sábado, os 15 roteiros turísticos locais, lançados pelo Governo de Macau para impulsionar a economia, afectada pela COVID-19. O número foi avançado pela directora dos Serviços de Turismo, Maria Helena de Senna Fernandes.

Angola /
12 Jul 2020 / 10:11 H.

A responsável falava à margem das cerimónias, este sábado, do 15.º aniversário da inscrição do centro histórico da cidade na lista do património mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Este plano de turismo doméstico é avaliado em reuniões de coordenação semanais, incluindo a possibilidade de lançar mais roteiros, dada a elevada procura, disse.

Uma das possibilidades é incluir mais pontos do património cultural da cidade, mas os residentes procuram normalmente mais actividades de interior e em família, como ‘workshops’, considerou.

No entanto, os planos estão sempre a sofrer ajustamentos, devido à pandemia da COVID-19. “Há muitas incertezas que nos levam a fazer vários ajustamentos”, acrescentou.

Lançado a 15 de Junho, o plano de turismo doméstico “Vamos Macau” contempla 15 roteiros, seis comunitários e nove de lazer, com os residentes a receberem 560 patacas (62 euros) caso participem em duas excursões, limite máximo definido pelas autoridades.