PM japonês lança plano de apoio à economia do Japão

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, apresentou um plano de apoio massivo de 13 biliões de ienes (108 mil milhões de euros) para impedir que a economia nacional, já enfraquecida, caminhe para uma recessão em 2020.

Japão /
06 Dez 2019 / 12:49 H.

Espera-se que quase 50% desses investimentos públicos sejam gastos na modernização e em reparações na infraestrutura do país, após a passagem do devastador tufão Hagibis pelo país em outubro, que deixou mais de 80 mortos.

O plano também tem como objetivo reduzir o impacto no consumo de um recente aumento do imposto sobre os produtos (IVA), de 8% para 10% desde 01 de outubro para a maioria dos bens não alimentares.

Os economistas antecipam uma forte contração do Produto Interno Bruto (PIB) do Japão no quarto trimestre de 2019 devido ao aumento do IVA e do tufão Hagibis, especialmente porque as exportações japonesas continuam a sofrer o com a desaceleração da economia global, agravada por o conflito comercial sino-americano.

No terceiro trimestre, o crescimento da terceira economia mundial quase parou (+ 0,1% em relação ao segundo trimestre), de acordo com dados publicados em meados de novembro, marcando uma nova desaceleração após + 0,4% no segundo trimestre e +0,5% de janeiro até o final de março.