Número de mortos na explosão no hotel de Havana sobe para 40

O Ministério da Saúde Pública de Cuba (Minsap) adiantou ainda que o número de feridos subiu para 94 pessoas, das quais 18 ainda estão internadas em seis hospitais de Havana, entre estas seis em estado crítico e sete em estado grave.

Luanda /
10 Mai 2022 / 11:07 H.

As autoridades sanitárias cubanas elevaram ontem para 40 o número de mortos na explosão ocorrida na passada sexta-feira, causada por uma fuga de gás, no hotel Saratoga, em Havana.

Nas últimas 24 horas, o número aumentou a nove pessoas, uma vez que os socorristas conseguiram aceder à cave dupla do edifício, onde se suspeitava que parte dos trabalhadores estivesse presas.

Entre os falecidos, com idades entre os 10 e os 77 anos, estavam quatro menores e uma mulher grávida, sendo todos cubanos excepto uma mulher de nacionalidade espanhola, de 29 anos.

O Ministério da Saúde Pública de Cuba (Minsap) adiantou ainda que o número de feridos subiu para 94 pessoas, das quais 18 ainda estão internadas em seis hospitais de Havana, entre estas seis em estado crítico e sete em estado grave.

Um total de 36 pacientes receberam alta nas últimas horas, noticiou a agência EFE.