Ucrânia "prepara infra-estrutura" caso Putin "faça algo estúpido"

Putin avisou que quem pretender "chantagear" a Rússia com armas nucleares deve saber que "a rosa-dos-ventos poderá voltar-se na sua direcção".

Luanda /
22 Set 2022 / 16:03 H.

O embaixador da Ucrânia no Reino Unido, Vadym Prystaiko, defendeu esta quinta-feira, numa entrevista à Sky News, que Vladimir Putin está “desesperado” e a fazer “bluff” - no que toca às armas nucleares - para tentar “intimidar-nos a todos”, uma estratégia que, acredita, “não vai resultar”.

Mas, ainda assim, a Ucrânia está a preparar-se para o pior, na possibilidade de serem usadas armas nucleares pela Rússia.

“Quando alguém diz que não está a fazer bluff, esse é o primeiro sinal de que está, na verdade, a fazer bluff. Caso contrário, estaria a fazer alguma coisa como preparar o arsenal nuclear. Não estão a fazê-lo, o que significa que ele está a tentar encontrar uma varinha mágica que lhe permitirá sair da situação porque está profundamente, profundamente em apuros”, disse na entrevista.

Questionado se as máscaras de gás eram suficientes, Prystaiko disse que a Ucrânia já as tem e que "medicamentos especiais" também eram necessários, bem como dispersar as pessoas. "Estamos a fazer tudo isso", disse, lamentando. "Somos uma dessas duas nações que realmente sabem o que é essa ameaça nuclear, depois de Chernobyl. Temos sofrido desde então por mais de trinta anos", acrescentou.

“Estamos a preparar a nossa infra-estrutura caso ele [Putin] faça algo estúpido como isso [usar armas nucleares ”, afirmou.

O presidente da Federação Russa decretou esta quarta-feira a mobilização parcial de 300.000 reservistas para a guerra na Ucrânia, medida que procura contrariar o que o líder de Moscovo designou de "chantagem nuclear" da NATO, que tem por objectivo "destruir" a Rússia.

Num discurso transmitido pela televisão, Putin também avisou que quem pretender "chantagear" a Rússia com armas nucleares deve saber que "a rosa-dos-ventos poderá voltar-se na sua direcção".

Temas