Trump ameaça sanções para bloquear polémico gasoduto entre Alemanha e Rússia

Donald Trump está a considerar usar sanções para bloquear um polémico gasoduto que aumentaria os fluxos de gás natural da Rússia para a Alemanha, segundo revela a estação televisiva norte-americana “CNBC” esta quinta-feira.

13 Jun 2019 / 10:09 H.

“As pessoas têm o direito de fazer o que querem. Estou a pensar que sou eu quem trouxe o problema do oleoduto”, afirmou Donald Trump à imprensa durante uma reunião com o presidente da Polónia Andrzej Duda.

O presidente dos Estados Unidos disse ainda que desde o ano passado que a Alemanha está refém das exportações de energia russas. Donald Trump opõe-se ao gasoduto conhecido como Nord Stream 2, que passa sobre o mar báltico ao lado de uma linha existente que liga o leste da Rússia ao norte da Alemanha.

Os Estados Unidos e outros países europeus temem que o gasoduto ajude a Rússia a contornar a infra-estrutura na Ucrânia, permitindo o fornecimento de energia como uma arma contra os seus vizinhos, sem interromper os fluxos para a Europa Ocidental.

A Rússia e a Alemanha afirmam que o Nord Stream 2 é um projecto puramente económico. A gigante de energia russa Gazprom está a construir a linha, com financiamento de empresas europeias, incluindo a Royal Dutch Shell e a Wintershall.

A Polónia, um dos maiores críticos do Nord Stream 2, assinou acordos para comprar o gás natural norte-americano numa tentativa de reduzir a sua dependência do gás russo.

Na quarta-feira, a empresa de petróleo e gás polaca assinou um acordo para comprar 1,5 milhões de toneladas adicionais por ano a partir do terminal de exportação de Plaquemines LNG proposto pela Venture Global, ao sul de Nova Orleans.