Papa Francisco alerta que missão do Messias sofre uma crise

O Papa Francisco afirmou esta quarta-feira 13, que no futuro do mundo e nas esperanças da Igreja há os “pequeninos”: aqueles que não se consideram melhores do que os outros, que estão conscientes dos próprios limites e dos seus pecados, que não querem dominar os outros, que em Deus Pai se reconhecem todos irmãos”.

14 Jan 2021 / 10:12 H.

Francisco que falava na Audiência Geral, realizada na Biblioteca do Palácio Apostólico, lembrou que depois dos primeiros milagres e da participação dos discípulos no anúncio do Reino de Deus, a missão do Messias sofre uma crise. “João Baptista duvida, e lhe faz chegar esta mensagem”.

De acordo com Francisco João Baptista “sente esta angústia por não saber se errou no anúncio, existem na vida momentos sombrios, momentos de noites espirituais e João está a passar por esse momento".

“Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos». Em plena crise, em plena escuridão na alma de muitas pessoas, como João Baptista, Jesus bendiz o Pai, Jesus louva o Pai”, disse.