Boris Johnson vai anunciar candidatura para liderar ‘Conservadores’

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, anunciou que vai concorrer à liderança do Partido Conservador depois de Theresa May se demitir.

17 Mai 2019 / 13:22 H.

Boris Johnson deverá anunciar em breve a sua candidatura à liderança do Partido Conservador depois de Theresa May abandonar o cargo.

A notícia é avançada pela BBC, que destaca o momento da revelação durante um evento de negócios em Manchester, esta quinta-feira. Quando questionado se tinha intenções de candidatar-se para o cargo, o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros respondeu: “É claro que vou”.

Johnson ficou conhecido por ser um dos mais destacados defensores do Brexit e esteve entre as figuras que defenderam, no referendo de 2016, a saída do Reino Unido da União Europeia. No ano passado, o político demitiu-se em protesto contra os termos do acordo de saída de Theresa May.

“Não acho que seja segredo para ninguém”, afirmou em tom divertido. “Tudo o que posso dizer, com tato e utilidade, quanto posso, é que tenho um apetite ilimitado para fazer as coisas bem e ajudar o país a seguir o caminho certo”, vincou.

“Não há nenhuma vaga”, acrescentou. “Por outro lado, o que vou dizer é que houve uma falta real de adesão e dinamismo na forma como abordamos estas conversas. Nos últimos três anos, nós falhámos em apresentar uma narrativa convincente sobre como nós exploramos as oportunidades do Brexit”, cita o “The Guardian” as declarações do britânico.

Recorde-se que a primeira-ministra já tinha ‘aberto a porta’ à sua saída da liderança do partido. Numa tentativa de garantir que o acordo do Brexit fosse aprovado, a primeira-ministra britânica prometeu afastar-se do cargo em troca de apoio dos deputados conservadores ao seu acordo de saída.

Será já no próximo dia 3 de Junho que o acordo de Brexit volta a ser votado pelos deputados.