Espanha e Alemanha reúnem-se na primeira cimeira bilateral desde 2013

AXXV Cimeira Hispano-Alemã está agendada para a cidade da Corunha, na Galiza, e dela sairá um “plano de ação” de cooperação bilateral que envolve todos os ministérios dos dois Governos, assim como uma declaração conjunta, segundo as fontes do executivo espanhol

Luanda /
05 Out 2022 / 09:31 H.

Espanha e Alemanha celebram, hoje (05 de Outubro de 2022), a primeira cimeira bilateral em nove anos, para reforçar o momento de sintonia entre os dois Governos, com destaque para a defesa comum do gasoduto para ligar a Península Ibérica à Europa central.

Será a primeira reunião entre os executivos dos dois países com o formato de cimeira desde 2013, com diversos ministros dos dois lados, apesar de ao longo dos anos ter havido encontros ao nível de chefes de Governo, realçaram as fontes do executivo de Madrid.

Segundo as mesmas fontes, o encontro servirá para reforçar e mostrar as boas relações actuais entre Madrid e Berlim, depois da visita do chanceler alemão, Olaf Scholz, a Madrid, no início deste ano, e da ida do chefe do Governo espanhol, Pedro Sánchez, à Alemanha, em 30 de agosto, onde participou numa reunião do Conselho de Ministros.

Nesse dia, Espanha e Alemanha reiteraram a necessidade de acelerar as ligações para transporte de energia entre a Península Ibérica e o resto da Europa, com o líder do Governo alemão a garantir na ocasião que fará “o possível” para que estes planos se concretizem.

Olaf Scholz defendeu ser necessário avançar com a “grande tarefa” de construir e reforçar a rede europeia de ligações energéticas, tanto ao nível da eletricidade, como do hidrogénio, no futuro, mas também, e de forma mais urgente, do gás, para tornar a União Europeia (UE) menos dependente do gás russo.