Covid-19: Facebook fecha escritórios em Singapura e Londres

Após ter sido identificado um caso entre as equipas em Singapura, “fechámos imediatamente as áreas afectadas para efectuarmos uma limpeza profunda e aconselhámos os nossos funcionários das zonas afectadas a trabalhar a partir de casa até 13 de Março”.

07 Mar 2020 / 10:21 H.

O Facebook anunciou esta sexta-feira que fechou parte dos seus escritórios em Singapura, onde foi detectado um funcionário infectado pelo novo coronavírus, para efectuar uma “limpeza profunda”, bem como as instalações em Londres.

Após ter sido identificado um caso entre as equipas em Singapura, “fechámos imediatamente as áreas afectadas para efectuarmos uma limpeza profunda e aconselhámos os nossos funcionários das zonas afectadas a trabalhar a partir de casa até 13 de Março”, indicou, num comunicado citado pela agência Frange Press, a empresa liderada por Mark Zuckerberg.

De acordo com a mesma fonte, o funcionário em causa visitou os escritórios em Londres, entre 24 e 26 de Fevereiro.

Por isso, “decidimos encerrar o nosso escritório, em Londres, para uma limpeza profunda”, explicou o Facebook, acrescentando que, até lá, os funcionários também vão trabalhar a partir de casa.

Por sua vez, as pessoas que estiveram em contacto directo com o funcionário infectado terão que ficar em isolamento e monitorizar o seu estado de saúde, acrescentou a rede social.