Partido Comunista Chinês estabelece auto-suficiência tecnológica como "núcleos" estratégicos

O Partido Comunista da China (PCC) estabeleceu recentemente a inovação e a auto-suficiência tecnológica como "núcleos" estratégicos para o desenvolvimento do país nos próximos anos, face à prolongada guerra comercial e tecnológica com os Estados Unidos.

29 Out 2020 / 14:07 H.

Num comunicado, saído da quinta sessão plenária do 19º Comité Central do PCC, aquele órgão refere que a medida visa reduzir a dependência de tecnologia importada, incluindo chips e semicondutores.

O Comité Central, cujas propostas são submetidas à Assembleia Popular Nacional (APN), o órgão máximo legislativo da China, enfatizou a melhoria do “nível de modernização da cadeia industrial e de abastecimento”, bem como o “impulso das indústrias emergentes estratégicas” e o “acelerar” do desenvolvimento da digitalização