Coreia do Norte ameaça aumentar arsenal nuclear

Com o mundo diplomático à espera do democrata Joe Biden, o líder norte-coreano insiste que a política norte-americana em relação a Pyongyang “nunca mudará, seja quem for que esteja no poder”.

14 Jan 2021 / 09:27 H.

O presidente norte-coreano Kim Jong Un, desaparecido dos holofotes da política internacional desde que o presidente cessante norte-americano, Donald Trump, se ‘desinteressou’ pelo dossiê ‘Coreia do Norte’, reapareceu esta quarta-feira para afirmar que a Coreia do Norte vai aumentar o seu arsenal nuclear.

Kim Jong Un que discursava no encerramento de uma reunião do partido disse que “devemos fortalecer ainda mais a dissuasão da guerra nuclear, enquanto fazemos o nosso melhor para construir o poderio militar”.