OMS anuncia novo programa para compartilhar pesquisas científicas contra COVID-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS), com sede em Genebra, planeia lançar uma nova estratégia para compartilhar amostras de pesquisas científicas na luta contra a COVID-19. Explicamos como isso pode funcionar e quais obstáculos devem ser superados.

13 Jan 2021 / 12:27 H.

A directora do Departamento de Preparação para Riscos Infecciosos Globais da OMS, Sylvie Briand, disse que “às vezes, os vírus surgem em países com capacidade limitada de sequenciá-los e categorizá-los”.

Segundo a responsável “se esses países puderem enviar as amostras para países que têm as mais recentes tecnologias e capacidades de pesquisa, isso é bom para o mundo, as coisas andam mais rápido.”O novo programa de compartilhamento foi anunciado pela primeira vez em Novembro.

Para director-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, o “sistema globalmente acordado para o compartilhamento de materiais patogênicos e amostras clínicas, facilitaria o rápido desenvolvimento de contramedidas médicas como bens públicos globais”.