Nicarágua e Rússia assinam acordo sobre TIC

A assinatura do acordo aconteceu um dia depois de os dois Estados terem assinado um acordo sobre a utilização de energia nuclear com fins pacíficos

Luanda /
23 Nov 2022 / 10:23 H.

Os governos nicaraguense e russo assinaram um acordo sobre o uso de tecnologias de informação e comunicação (TIC) com o objectivo de "prevenir, detectar e investigar" usos incorrectos, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) centro-americano.

"A comunicação bilateral e a troca de informação vai abrir espaço para favorecer a realização da institucionalidade, prevenir, detectar, investigar o uso incorrecto, abusivo e criminoso das TIC, mantendo um ambiente seguro da infra-estrutura", disse o ministro nicaraguense, Denis Moncada, na cerimónia de assinatura.

O acordo foi assinado na sede do MNE com as delegações dirigidas por Moncada e pelo embaixador russo na Nicarágua, Alexander Khokholikov, segundo a informação oficial.

O ministro nicaraguense relacionou o acordo com a Lei Especial de Ciberdelitos, vigente desde finais de 2020, que estabelece penas de um a dez anos de prisão aos cidadãos autores de ataques informáticos que atinjam "a segurança do Estado".

A assinatura do acordo sobre as TIC aconteceu um dia depois de os dois Estados terem assinado um acordo sobre a utilização de energia nuclear com fins pacíficos.