Londres promete ajuda militar a Kyiv até à victória contra a Rússia

A primeira-ministra britânica prometeu que “o Reino Unido vai gastar 3% do PIB (produto interno bruto) na defesa até 2030, preservando uma posição de liderança como facotor de segurança na Europa”.

Luanda /
22 Set 2022 / 14:07 H.

O Reino Unido vai continuar a fornecer ajuda militar à Ucrânia até o país vencer a Rússia, garantiu a primeira-ministra britânica, Liz Truss, durante a 77.ª Assembleia-Geral da ONU.

“Neste momento crítico do conflito, prometo que iremos manter ou aumentar o nosso apoio militar à Ucrânia pelo tempo que for necessário, Só ficaremos descansados quando a Ucrânia triunfar”, disse Truss, no discurso proferido nesta quarta-feira.

A governante britânica disse que o Presidente russo, Vladimir Putin, que na quarta-feira anunciou a mobilização de centenas de milhares de reservistas, “estava a tentar justificar o seu fracasso catastrófico” na Ucrânia.

A primeira-ministra britânica prometeu que “o Reino Unido vai gastar 3% do PIB (produto interno bruto) na defesa até 2030, preservando uma posição de liderança como factor de segurança na Europa”.