Boeing conclui actualização do sistema de estabilização do 737 MAX

A Boeing anunciou nesta quinta-feira que concluiu a actualização do sistema de estabilização MCAS do seu modelo 737 MAX, suspeito de ter causado dois acidentes que mataram 346 pessoas, assim como as mudanças requeridas no treinamento dos pilotos.

17 Mai 2019 / 10:45 H.

“Completamos todos os voos de teste de engenharia para a actualização do software e agora nos preparamos para o vôo de certificação final”, declarou o presidente da companhia, Dennis Muilenburg, citado pela AFP, esta sexta-feira.

As actualizações no dispositivo de cada avião exigirão entre uma e duas horas, destacou um porta-voz da Boeing.

Além da actualização do software, há mudanças no treinamento dos pilotos, incluindo no simulador de vôo.

A notícia é um passo importante para a volta ao serviço dos 737 MAX, em terra desde meados de Março, após os acidentes com os aparelhos da indonésia Lion Air e da Ethiopian Airlines.

Temas