Região de Tigray impõe estado de emergência

Restrições para o Bem-comum

26 Mar 2020 / 18:38 H.

O estado regional do norte da Etiópia, Tigray, hoje, anunciou um estado de emergência em toda a região como forma de combater a pandemia de coronavírus.

A Agência de Mídia de Massa Tigray disse que a decisão foi tomada um dia depois que o conselho estadual regional se reuniu e concordou com a decisão que tem implicações no movimento e nas actividades sociais.

Sob a regra de emergência de 15 dias: todas as viagens dentro do estado são proibidas. Há também a proibição de actividades sociais, como casamentos e outras festividades, que podem levar a grandes encontros. Os mercados também devem ser fechados.

Espera-se que mais detalhes sejam divulgados mais tarde. O governo federal fechou todas as fronteiras terrestres de acordo com a decisão de um comité interministerial do COVID -19 liderado pelo primeiro-ministro Abiy Ahmed.

Em 25 de março, a Etiópia havia confirmado 12 casos com todos os casos na capital Adis Abeba. O número está fora de cerca de 500 testes no total. É lamentavelmente mínimo em comparação aos mais de 15.000 testes da África do Sul que revelaram 704 casos confirmados.