Coronavírus: registro na África do Sul atinge 927

Covid-19 e a África

China /
26 Mar 2020 / 19:11 H.

O coronavírus foi confirmado na cidade chinesa de Wuhan no final de dezembro de 2019. Desde então, os casos foram confirmados em vários países do mundo.

Desde então , a Organização Mundial da Saúde ( OMS) a declarou pandémica. O chefe da OMS , Tedros Ghebereyesus, disse que, embora a China tenha um sistema de saúde robusto para detectar e controlar, sua equipe continua preocupada com o vírus que entra no país com sistemas fracos.

Atualmente, com cerca de 34 países africanos com casos registrados, os governos continuam a implementar medidas cada vez mais robustas para deter a disseminação e conter a pandemia que já matou várias vidas.

Os coronavírus são uma família de vírus que variam do resfriado comum ao coronavírus MERS , que é o coronavírus da Síndrome Respiratória do Oriente Médio e SARS , coronavírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Neste artigo, compartilharemos os desenvolvimentos mais recentes à medida que as autoridades implementarem medidas para conter a propagação do vírus, especialmente no continente africano. Há uma enxurrada de restrições em toda a África, à medida que os governos tomam medidas para lidar com o surto.

Registro na África do Sul atinge 927, Quénia registra primeira morte;

Somália registra segundo caso;

Presidente da África do Sul testa resultado negativo;

Os números da África do Sul estão aumentando à medida que o bloqueio se aproxima;

Líbia e Mali registram casos de índice;

Serra Leoa testa caso suspeito, números da Costa do Marfim saltam;

Casos na Nigéria atingiram 40, África do Sul entrando em bloqueio nacional;

Casos aumentam acima de 1.400 com mais de 40 mortes;

Registro na África do Sul atinge 274, presidente do Botsuana em auto-isolamento;

Quênia registra oito novos casos;

Moçambique registra índice de casos;

Eritreia, Uganda registram casos de índice;

Registro da África rumo a 1.200;

Zimbábue registra índice de casos;

Casos em Ruanda atingem 17;

Casos na África do Sul saltam para 202;

Paciente do índice Togo se recupera;

Gabão registra morte;

Cabo Verde regista índice;

Níger registra caso de índice;

Nigéria fecha todas as universidades;

Mais de 760 casos, 17 mortes, 49 recuperações;

África do Sul e Nigéria registram aumentos;

Maurício registra primeiros casos;

África pode estar tendo casos não reportados ou subnotificados - chefe da OMS;

Zâmbia, Djibuti e Gâmbia registram casos de índice;

Zimbábue declara crise nacional do COVID -19 e define medidas;

Etiópia e Quénia registram novos casos;

Onda de restrições em todo o continente;

Nigéria, Ruanda e Burkina Faso registram novos casos;

Etiópia - Suporte para Ali Baba Coronavirus;

Etiópia registra figura enorme no rastreamento de contatos;

Voos proibidos, fronteiras fechadas;

Trinta países africanos infectados;