CEDEAO envia observadores ao Niger

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) vai enviar uma missão de observação eleitoral de 90 membros, dos quais 10 a longo prazo e 80 a curto prazo, para supervisionar as eleições presidenciais a serem realizadas simultaneamente com legislativas de Domingo, no Níger.

23 Dez 2020 / 11:09 H.

“Estes 90 observadores que provêm dos Estados-membros da CEDEAO com a excepção do Níger, do Tribunal de Justiça da CEDEAO, bem como do Parlamento da Comunidade têm por missão velar pelo bom desenrolar do processo eleitoral com vista a uma eleição livre, transparente e credível no Níger”, indica um comunicado a que a PANA teve acesso, em Cotonou.

Liderada por Namadi Sambo, antigo Vice-Presidente da Nigéria, a presente missão de observação eleitoral será apoiada no terreno por uma equipa de assistência técnica da Comissão da CEDEAO composta pelo general Francis Behanzin, comissário para os Assuntos Políticos, Paz e Segurança, Remi Ajibewa, director dos Assuntos Políticos, Francis Oke, chefe da Divisão Assistência Eleitoral e outros quadros do agruapmento sub-regional.

Os observadores serão enviados a todas as oito províncias do país para supervisionar e acompanhar todas as operações pré-eleitorais, eleitorais e pós-eleitorais dos escrutínios e pronunciar-se sobre o seu desenrolar, apresenta a nota de imprensa da instituição sub-regional.Esta observação envolverá nomeadamente a regularidade, a transparência, a equidade e o bom desenrolar das eleições presidenciais e legislativas.

Em prelúdio ao envio desta missão, o presidente da Comissão da CEDEAO, Jean-Caude Kassi Brou, liderou de 3 a 4 de Dezembro corrente uma missão conjunta de solidariedade de alto nível da CEDEAO e União Africana, em Niamey, com vista a reunir-se e sensibilizar os diferentes atores empenhados no processo eleitoral a fim de que o escrutínio se realize com paz.

No termo do escrutínio, a missão de observação eleitoral da CEDEAO exprimirá a sua opinião e formulará, se necessário, recomendações às diferentes partes empenhadas no processo eleitoral.

Temas