Netflix aposta em conteúdos locais para conquistar mercado em África

A Netflix vai apostar na produção de conteúdos em África para tentar entrar no continente que pode render mil milhões de novos clientes.

10 Mar 2020 / 11:43 H.

“Estamos a mergulhar completamente no que diz respeito a África, não estamos apenas a molhar os pés”, disse Ghettuba numa entrevista à agência de informação financeira Bloomberg, na qual explicou que “os africanos gostam de se ver a si próprios no ecrã, e África tem uma enorme população que quer ver as suas histórias apresentadas”.

A Netflix começou o caminho para a produção de conteúdos em África em 2016.

Temas