Mais turistas visitam Mbanza Kongo

A directora do Instituto Nacional do Património Cultural, Cecília Gourgel, pediu maior defesa e valorização do património cultural angolano, que considera “tarefa de todos e não apenas do Executivo”.

15 Jan 2020 / 12:13 H.

“A identidade cultural e nacional de um povo passa pela valorização do património cultural, pela interpretação do conhecimento ancestral e endógeno, para que os jovens pratiquem e respeitem o conhecimento herdado dos antepassados” frisou.