Moçambique planeia retirar 400 cidadãos vítimas de xenofobia na África do Sul

O Governo moçambicano prepara o repatriamento de cerca de 400 cidadãos, que manifestaram regressar voluntariamente ao país.

12 Set 2019 / 09:12 H.

Segundo o representante do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Geraldo Saranga citado pela TPA, que estão a ser criadas condições para que se realize tal procedimento.

“O Governo prevê que até amanhã haverá condições para receber as vítimas de xenofobia e um centro de trânsito foi criado no distrito de Moamba, província de Maputo, com infra-estruturas, água e produtos de higiene.

Geraldo Saranga apelou aos moçambicanos para não retaliarem contra os ataques a estrangeiros na África do Sul. .