Vendedores informais começam a ser registados em todo o País

O MEP efectua os trâmites em coordenação com MAPESS, o MAT e os governos provinciais para a implementação a partir da segunda metade deste de Janeiro até Abril, disse a secretária de Estado para a Economia, Dalva Ringote.

Luanda /
05 Jan 2022 / 11:00 H.

O Programa de Reconversão da Economia Informal (PREI) começa a ser implementado, nos próximos dias, nas restantes províncias do País com foco no financiamento e formação de mulheres e jovens dedicadas à venda ambulante de bens e serviços, também denominadas “zungueiras”, depois de consolidado a nível de Luanda.

Lançado, em Novembro, no mercado do Km 30, em Luanda, até aqui, o Programa de Reconversão da Economia Informal (PREI) permitiu a formalização de 43,8 negócios, transformando-os em micro-empresas.

O Ministério da Economia e Planeamento efectua os trâmites em coordenação com o Ministério da Administração Pública e Segurança Social (MAPESS), o Ministério da Administração do Território (MAT) e os governos provinciais para a implementação a partir da segunda metade deste de Janeiro até Abril, disse a secretária de Estado para a Economia.

Dalva Ringote salientou que com esta acção, o Executivo procura ter a visibilidade efectiva da grande tranche que se tem na informalidade, pois sabe-se que mais de 70% da população tem um emprego informal.