Produção de carne cai 20% no ano agropecuário transacto

Apesar do ligeiro decréscimo na produção, o ovo foi o produto pecuário com melhor nível de cumprimento da meta prevista para 2019, atingindo 121%.

Luanda /
07 Fev 2020 / 13:21 H.

A produção de carne no País ultrapassou as 137 mil toneladas no ano passado, o que representa um decréscimo de quase 20%, comparativamente ao período homólogo, segundo dados tornados públicos pelo Ministério da Agricultura e Florestas (MINAGRIF). De acordo com a informação divulgada por aquele departamento ministerial, a região norte do País foi responsável por mais de 50% do total de carne produzida na campanha agropecuária transacta. O centro produziu cerca de 29,2%, enquanto a parte sul 20,6%. A produção nacional, explica o MINAGRIF, foi dominada pela carne caprina/ ovina, que presentou 59% do total produzido no ano passado. A carne de aves teve uma produção de 21%, a bovina 17% e suína 4%. “A produção nacional de produtos pecuários aqui identificadas engloba a produção das explorações agrícolas familiares (EAF) e empresariais (EAE)”, esclarece o MINAGRIF.

Quanto à produção de ovos, no ano passado excedeu as mil milhões de unidades, 72% do total foi produzida na região norte do País. “Apesar do ligeiro decréscimo na produção, este é o produto pecuário com melhor nível de cumprimento da meta prevista para 2019, tendo alcançado 121%”, Ainda no exercício agropecuário passado, a produção de leite foi de quase três milhões de litros. Mais da metade (54%) fora produzida na região centro, a norte 29% e sul 16%.

As províncias de Luanda, Huíla e Malanje lideram a produção nacional de Carnes. No conjunto, são responsáveis por mais de metade da quantidade produzida na última campanha.

A produção nacional de ovos está concentrada em cinco províncias, tendo contribuído com 85%. Luanda é a maior produtora. Cuanza Sul domina a produção de leite com uma quota de 45%.