Fábrica baixa produção de água mineral

A produção de água mineral na fábrica "Preciosa", no Lubango, na Huíla, baixou este ano de oito mil garrafas de 0,5 e 1,5 litro de água por hora para dois mil e 40, ou seja 30% de queda, devido a fraca procura e as dificuldades de acesso aos mercados.

Luanda /
04 Set 2020 / 12:00 H.

De acordo com o administrador executivo do grupo, Valdemar Ribeiro, a redução foi a medida mais acertada para manter a qualidade da água de mesa, o preço de aquisição, evitar falência e manter os empregos.

A fábrica tem capacidade de oito mil garrafas hora.

Actualmente, detalhou a fonte, a produção é vendida apenas no mercado da região Sul, pelo que optam por ficar pelas províncias do Namibe, Cunene, Huíla e Cuando Cubango.

A fábrica de engarrafamento de água Preciosa, instalada numa área de 230 hectares, é abastecida pelo aquífero esporão da Humpata e foi inaugurada em Março de 2014, através de um financiamento do BDA avaliado em 10 milhões USD.

A fábrica comporta um armazém, uma área de fabrico de garrafas de um e um litro meio, laboratórios, um tanque reservatório de água, refeitório, parque de estacionamento, assim como áreas administrativas. Tem actualmente perto de 60 funcionários, dos quais 35 técnicos formados pela empresa.