BNA denuncia tentativa de fraude

O Banco Nacional de Angola denunciou, ontem (dia 8), através de um comunicado, sobre a divulgação, nas redes sociais, de uma mensagem falsa e de carácter fraudulento respeitante à atribuição de um subsídio de 45 mil Kz e de outros incentivos aos consumidores bancários, por iniciativa dos bancos comerciais.

Luanda /
09 Nov 2020 / 08:31 H.

A oferta fraudulenta, segundo o comunicado, é justificada como prémio no âmbito da recente entrada em circulação das novas notas de Kwanza – "Série 2020”.

Sobre o assunto, o Banco Nacional de Angola esclarece e adverte que a entrada em circulação das novas notas do Kwanza obedece a um processo gradual e gratuito, podendo as mesmas serem obtidas na rede de balcões dos bancos comerciais, nos Caixas Automáticos (ATM) ou sempre que for realizada uma operação de pagamento.

Por conseguinte, segundo faz notar o banco central, as notas da série anterior, a "Série 2012”, mantêm-se em circulação, em simultâneo com as notas da "Série 2020”, até 31 de Dezembro de 2021.

O comunicado do BNA orienta a não divulgação a estranhos de informações ou dados de contas bancárias, para a realização de quaisquer pagamentos.

"Neste sentido, em caso de recepção de chamadas telefónicas ou mensagens electrónicas com este ou outro teor que pareça suspeito de fraude, os consumidores bancários devem denunciar o facto aos órgãos policiais competentes. Em caso de dúvida, contacte o seu banco comercial ou o Departamento de Conduta Financeira do Banco Nacional Angola”, conclui.

Ela foi inspirada na grandeza do país independente, nas paisagens das belezas únicas e em elementos da identidade cultural. Tem como imagem central e comum a todas as notas a efígie do primeiro Presidente, António Agostinho Neto.