“Aumento de casos de tuberculose em Angola é alarmante”

Angola regista por ano 70 mil casos de tuberculose, segundo representante da Organização Mundial da Saúde no País. Porém, os dados não estão completos.

07 Jul 2019 / 11:53 H.

O representante da Organização Mundial da Saúde em Angola, Hernando Agudelo, falava à margem da cerimónia de entrega de meios da instituição ao Ministério da Saúde, para se combater a doença. Com uma taxa de notificação de cerca de 250 novos casos por 100 mil habitantes, anualmente, excluindo os casos não reportados por falta de acesso aos serviços de saúde, Angola precisa de aumentar os esforços para o controlo da tuberculose, que já constitui uma preocupação para a saúde pública.

Segundo o oficial das Nações Unidas, Angola faz parte dos 30 países do mundo prioritários para o controlo da tuberculose, conforme definição da OMS, em função da existência no país de três principais factores de risco, nomeadamente casos de tuberculose associados ao VIHSIDA; tuberculose resistente a múltiplos medicamentos; e a co-infecção tuberculose - VIH. O secretário de Estado da Saúde para Área Hospitalar, Leonardo Europeu.

Leia mais na edição 126 do Jornal Vanguarda, já nas bancas!

Temas