OMS apoia Angola na revisão e validação de dados sobre Doenças Tropicais Negligenciadas

Especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) partilharam com técnicos do Programa Nacional de Controlo das Doenças Tropicais Negligenciadas, consideradas endémicas em Angola, procedimentos para o manuseamento da base de dados relativa a estas enfermidades.

Angola /
09 Out 2019 / 11:35 H.

Segundo uma nota da OMS, durante 15 dias foi realizado o processo de revisão e validação dos dados sobre as Doenças Tropicais Negligenciadas, que recorrem a quimioterapia preventiva, designadamente a filaríase linfática, oncocercose ou “cegueira dos rios”, shistosomíase, geohelmintíases ou helmintes, transmitidas pelo solo, e tracoma.

Todas estas doenças são consideradas endémicas em Angola, podendo ser encontradas em todo o país, e, segundo a OMS, “constituem uma preocupação de saúde pública mundial, tendo em conta os impactos negativos que exercem sobre a saúde da população, em particular na vida social, produtividade, desenvolvimento deficitário na infância e a perpetuação do ciclo de pobreza”.

A acção de formação dos técnicos angolanos teve como objectivo garantir a actualização e revisão dos dados sobre a situação dessas doenças em Angola, bem como determinar as áreas elegíveis a quimioterapia preventiva ou tratamento em massa de medicamentos anti-helmínticos.

Temas